Fechar
Metadados

%0 Conference Proceedings
%4 sid.inpe.br/mtc-m16d/2019/08.26.17.04
%2 sid.inpe.br/mtc-m16d/2019/08.26.17.04.26
%@issn 2177-3114
%A Fonseca, Beatriz Carvalho da Silva,
%A Labat, Gisele Aparecida Amaral,
%A Matsushima, Jorge Tadao,
%A Baldan, Maurício Ribeiro,
%@affiliation Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
%@affiliation Universidade de São Paulo (USP)
%@affiliation Faculdade de Tecnologia (FATEC)
%@affiliation Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
%@electronicmailaddress beatriz_alpinopolis@hotmail.com
%@electronicmailaddress
%@electronicmailaddress
%@electronicmailaddress mauricio.baldan@inpe.br
%T Obtenção de compósitos xerogel de carbono e grafeno aplicados como materiais eletrocatalíticos
%B Workshop em Engenharia e Tecnologia Espaciais, 10 (WETE)
%D 2019
%S Anais
%8 07-09 ago. 2019
%J São José dos Campos
%I Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
%C São José dos Campos
%K Xerogel de carbono, Grafeno, Eletrocatálise.
%X Xerogel de carbono, material carbonoso poroso, e híbridos formados por xerogel de carbono e grafeno, têm sido empregados em dispositivos eletroquímicos e como suportes eletrocatalíticos, porém, em geral, a obtenção desses materiais se baseia em métodos complexos e de alto custo. Desta forma, objetivou obter um material formado por xerogel de carbono e grafeno (XG-G) por um método simples e com reutilização de um resíduo da indústria de celulose, o licor negro que, posteriormente, será empregado como suporte eletrocatalítico na redução de CO2 em combustíveis. Por meio de análises morfológica e estrutural verificou-se que o método de síntese empregado possibilitou a incorporação do grafeno na estrutura do xerogel de carbono. No entanto, um aumento da proporção mássica de grafeno em relação ao xerogel nas próximas etapas do trabalho pode contribuir para mudanças estruturais mais significativas.
%1 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
%@language pt
%9 CMS
%3 14 -[Artigo] Beatriz Carvalho da Silva Fonseca.pdf


Fechar